Observando a fauna humana…

Hoje, indo para o trabalho, vejo um casal que faz sinal e sobe no mesmo ônibus…

A mulher usava um vestido curto, rosa com motivos florais, bem leve, e visto suas pernas serem bem-feitas, podia dar-se ao luxo de usar…

Dada a temperatura, também não podia-se dizer que estava inapropriado, mas… estava ventando.

Óbvio que um “pé-de-vento” poderia fazer o vestido subir, revelando mais do que seria necessário, e imagino que ambos sabiam disso…

A mulher, lógico, estava prestando atenção, protegendo-se com a mão, ao menor sinal de maior necessidade de movimento ou de vento, o que também é normal e esperado…

Mas o homem estava indócil, controlando o vestido e todos em volta (especialmente outros homens), o que também era de se esperar, mas…

Será que isso era necessário?

Possivelmente, já que não havia nenhum “clima” pesado aparentente, houve comum acordo para que ela usasse aquela roupa (o que é um ponto positivo, afinal, não existe isso de “eu não deixo sair assim”, não existe título de propriedade de gente para dar esse tipo de poder a alguém)…

E já que havia comum acordo, deveriam saber que uma “revelação” devido ao vento poderia ocorrer, e portanto, ela que é quem vestia a roupa, deveria cuidar-se. E caso, ainda assim, ocorresse o fato, o que fazer? Engolir o sapo e fazer o controle de danos, uma vez que os dois são adultos e (supõe-se) conscientes do que estão fazendo e das possíveis conseqüências…

Anúncios

Os comentários estão desativados.