Moral, motivos e “misericórdia”

Por força da Moral vigente, a maioria das pessoas tem opiniões e tomam atitudes para as quais não terão, caso interpeladas, qualquer argumentação para defendê-la…

Por exemplo, a Pedolatria… Todos são contra, inclusive eu, mas a maioria das pessoas não conseguirá, mesmo os legisladores que tornam o ato ilegal, explicar o porquê de forma coerente e articulada. E portanto, não conseguem ser objetivos, e avaliar casos distintos de forma diferenciada…

Pelo mesmo motivo, tomamos certas atitudes que me parecem extremamente incoerentes…

Por exemplo, quando um animal é desenganado pela Medicina Veterinária, o que fazemos? Demonstramos misericórdia, terminando seu sofrimento, dando um fim indolor à sua vida…
Mas o que fazemos quando um ser humano é desenganado pela Medicina? Demonstramos nossa “misericórdia”, entubando-o, enchendo seu sangue de analgésicos até o limite em que continuar poderia matá-lo, e tentamos prolongar ao máximo seu sofrimento (e de todos os entes queridos), até que o organismo enfraquecido não tenha mais como continuar vivo…

E ponto.

Anúncios

Os comentários estão desativados.