Mito e lenda

Nossas vidas estão entremeadas de mitos e lendas, pessoais ou arquetípicas…

De vez em quando uma situação mitológica se apresenta de forma mais proeminente, em nível pessoal…

Falava sobre isso com Thereza, em terapia, dia desses… Tenho a impressão de estar vivendo uma forma muito próxima, ao menos de um mito do qual muito se fala e teoriza, mas não é muito visto na prática, daí o status lendário/mitológico…

E no meu momento atual, de “demonstrar”, me deixa feliz estar vivendo algo dessa natureza e categoria…






O que é?

Leiam nas entrelinhas…

~_^
Comentários desativados em Mito e lenda Enviado em Uncategorized

Ler e Ver

Minha lista de “Ler e Ver” está em fluxo, após muito tempo parada, e desatualizada…

Estou retirando gente que não escreve há tempos, incluindo minhas irmãs, e recolocando gente que voltei a ter o hábito de ler, e considero recomendáveis. Além disso, gente nova, com certeza será acrescentada…

Esta lista deve ser tão viva quanto o meu hábito de ler e ver, e em última análise, tão viva quanto eu estou…

E, estou aquecendo os motores para a mudança de template padrão, que sempre acontece entre julho e agosto…

Mudanças…

Me impressiona o quanto mudei… e o quanto não mudei, ao mesmo tempo, desde que comecei minha terapia…

Creio que esta é a essência da psicoterapia: Tornar-se mais verdadeiro, o que implica aceitar-se e trabalhar quem/o que você é para bem viver…

Mudar, sem se aviltar…

Percebo que é exatamente isso o que me aconteceu, e acontece: Me descobri/descubro, me ajusto a essa descoberta, me reposiciono no mundo e na vida, e na verdade, apesar das pessoas perceberem que, e poderem dizer que mudei (e ainda dirão muito isso), continuo a mesma pessoa…

Interessante o quanto uma mudança de ângulo (ou perspectiva), altera no contexto em que se percebe uma pessoa…

Bem, e por falar nisso, neste dia do Yule, meus melhores desejos a todos (mais sobre isso lá no fotolog)…

Comentários desativados em Mudanças… Enviado em Uncategorized

Moral, motivos e “misericórdia”

Por força da Moral vigente, a maioria das pessoas tem opiniões e tomam atitudes para as quais não terão, caso interpeladas, qualquer argumentação para defendê-la…

Por exemplo, a Pedolatria… Todos são contra, inclusive eu, mas a maioria das pessoas não conseguirá, mesmo os legisladores que tornam o ato ilegal, explicar o porquê de forma coerente e articulada. E portanto, não conseguem ser objetivos, e avaliar casos distintos de forma diferenciada…

Pelo mesmo motivo, tomamos certas atitudes que me parecem extremamente incoerentes…

Por exemplo, quando um animal é desenganado pela Medicina Veterinária, o que fazemos? Demonstramos misericórdia, terminando seu sofrimento, dando um fim indolor à sua vida…
Mas o que fazemos quando um ser humano é desenganado pela Medicina? Demonstramos nossa “misericórdia”, entubando-o, enchendo seu sangue de analgésicos até o limite em que continuar poderia matá-lo, e tentamos prolongar ao máximo seu sofrimento (e de todos os entes queridos), até que o organismo enfraquecido não tenha mais como continuar vivo…

E ponto.

Comentários desativados em Moral, motivos e “misericórdia” Enviado em Uncategorized

Marcinha…

Todo fim de semana, nos últimos quase oito meses, passo em casa de Marcinha… Já é uma rotina esperada e rompê-la é quase inimaginável…

Sou o que normalmente se qualifica como uma pessoa “estranha” (alguns diriam excêntrica)… Marcinha certamente qualifica-se como tal também, aliás brincamos muito com isso… Essas excentricidades, que são diversas, é provavelmente parte do tempero de nosso relacionamento…

Temos DRs de vez em quando, o que é bom… Não deixamos passar o que deve ser discutido, para evitar o efeito bola de neve que o calar cria…

Mas no geral, nossa convivência é bem harmoniosa, agradável… Brincamos com nossos defeitos, e valorizamos as qualidades…

Ela é divertida, espirituosa, bela…

Por vezes pode ser chata, irritante…

Mas é parte do charme… ^_^

Bem diferente de mim, que sou sempre aquela pessoa ranzinza e chata… ¬,¬

Nas segundas pela manhã, saio mais cedo que ela (quando crescer também vou trabalhar pra Justiça, viu Mozinho?) e deixo-a dormindo… Sempre reservo uns minutinhos, antes de sair, só pra ficar olhando seu sono…

Afinal, “eu não quero perder nada”
[Este post continua aqui…]

Comentários desativados em Marcinha… Enviado em Uncategorized

Empregos…

Comecei a versão atual da minha vida profissional, após anos de estágio acadêmico e prestação de serviços em TI (“bicos”), através de uma série de coincidências (sincronicidade?), envolvendo o Velox da empresa em que Patricia trabalha…

Acabei parando na prestadora tercerizada responsável pelo Suporte Técnico do Velox, banda larga da Telemar… Isso, em outubro de 2002…

Trabalhei 3 meses no atendimento, como temporário, vinculado à empresa de RH, depois mais 11 meses como efetivo da prestadora, sendo que a totalidade deste tempo, já sem atender, em funções de Backup, Backoffice, Monitor de Atendimento, Webmaster e Webdeveloper da Intranet, além de responsável pelos relatórios de qualificação de chamadas para o Cliente Telemar, pessoa aliás que se tornou boa amiga (Que você esteja sempre bem, Adelcio)…

Depois disso a Operação migrou para a Contax, empresa do Grupo Telemar, e acabei indo também, de volta ao atendimento, mas em um mês e meio, já estava com funções na Intranet, das quais nunca mais saí, sendo basicamente, analista de soluções (mas o salário, ó)… Isso durou outros 16 meses…

Após um mês de férias forçadas, aqui estou, em outra empresa (multinacional), do ramo imobiliário, trabalhando com gestão de facilities, especificamente gestão predial (leia-se, manutenção), e o contrato me alocaram? Contrato Telemar, ora…

Bem sei que uma coisa levou a outra, e essa oportunidade foi conquistada por conta do meu histórico junto à Telemar, mas já cansou… ^_^

Será que algum dia vou deixar de prestar serviço pra essa bendita empresa?

Comentários desativados em Empregos… Enviado em Uncategorized