Uma resposta para “escrevo, logo existo