Todas as Cartas de Amor são Ridículas

Todas as cartas de amor são
Ridículas.
Não seriam cartas de amor se não fossem
Ridículas.
Também escrevi em meu tempo cartas de amor,
Como as outras,
Ridículas.

As cartas de amor, se há amor,
Têm de ser
Ridículas.

Mas, afinal,
Só as criaturas que nunca escreveram
Cartas de amor
É que são
Ridículas.

Quem me dera no tempo em que escrevia
Sem dar por isso
Cartas de amor
Ridículas.

A verdade é que hoje
As minhas memórias
Dessas cartas de amor
É que são
Ridículas.

(Todas as palavras esdrúxulas,
Como os sentimentos esdrúxulos,
São naturalmente
Ridículas.)

Álvaro de Campos

Anúncios

2 Respostas para “Todas as Cartas de Amor são Ridículas

  1. Ridículo de verdade é escrever cartas de amor sem amor. Quem poderia pensar nisso? Faço isso o tempo todo há anos, alimento-me de sentimentos ainda por viver ou de amores inventados.Em Algum Lugar do Tempo.

  2. Sonhas muito, é verdade, minha amiga… mas faz parte do seu charme, do que és…Mas, feliz ou infelizmente, até mesmo o Amor pede objetividade, embora muitas vezes possa ser e manter-se unilateral…Amo a poucos, e muito… e para sempre… mesmo a quem me traiu e de quem me afastei, se amei, o sentimento nunca se vai…Benção e Maldição, ao mesmo tempo… mas prefiro assim, pois sinto-me mais humano… a alternativa, até a mim que pouco temo, assusta…Beijos, Coral…