A Eterna Sombra de uma Mente Atormentada

Fala a verdade quem disser que sou uma alma (terei isso?) atormentada…

Uma melancolia perene existe, subjacente a tudo o que faço e sinto… A minha sombra interior, que <ironia>carinhosamente</ironia> chamo de O Passageiro, ao contrário da maioria das pessoas não é quieta ou simplesmente agitada… Ela sussurra, inacreditavelmente alto, inapelavelmente audível, impossível de ignorar

Não é dizer que eu seja infeliz, longe disso, mas meus momentos de felicidade vem acompanhados de um perpétuo “e daí?”

Tenho meus poucos e seletos, pessoas importantes que amo e que sempre me fazem bem… Mas há o resto do mundo que afora intelectualmente, não me diz nada

E ainda assim, me satisfaz fazer parte do Greenpeace, fazer trabalho voluntário, e lutar pelos direitos dos que não os teem…

Entretanto nada disso faz com que, real e efetivamente eu me sinta vivo

De volta a programação normal… ^_^

Anúncios

2 Respostas para “A Eterna Sombra de uma Mente Atormentada