Crônica Obscura: Mens (in)sana

Ele era um ser de hábitos – todos ruins, como diria Garfield – mas ainda assim, muitas pessoas gostavam dele.
Vai entender!” – pensava.

Mais ainda, não apenas as genéricas pessoas, mas também Ela gostava Dele.
Não conseguindo entender isso, entretanto, por estar muito preocupado em ser o portador do “crânio mais rígido” do universo, fazia besteiras (com M maiúsculo) várias. Trocava palavras ásperas, ou se omitia quando devia agir.

Então, o inevitável aconteceu: Ele entendeu, mas a custa de ameaçar abalar os alicerces do gostar Dela.

Moral da história?
“Shit happens when you’re too busy being a jerk”

Ou, em versão brasileira Herbert Richers (naah):

“Quando você é um idiota, você pode acabar se f*d3nd*”

Anúncios

Os comentários estão desativados.