Profissão: Jornalismo [Citação]

Como eu não teria escrito melhor (até porque não exerço a profissão, nem tenho a formação – tentei – embora tenha certa vocação), segue a “voz” de Ana Freitas:

Na quarta-feira o STF votou, por 8 a 1 (uhú!), o fim da obrigatoriedade de diploma de jornalismo para exercer a profissão. Eu trabalho numa redação, uma das maiores do país, e sinceramente não vi ninguém chorando por lá. Mas no Twitter eu vi. Ah, como vi gente se lamentando. “Ai, porque é um absurdo”. “Ai, porque isso é desvalorização da educação no país”. “Ai, porque agora qualquer um pode ser jornalista…”

Aaaahh, a tradicional arrogância da classe. A maior prova dela é uma porção de gente ter se ofendido com a comparação do ministro de jornalista com cozinheiro. Gente escrota. Desde quando ser jornalista é melhor do que ser cozinheiro? Quem devia se ofender é o cozinheiro, po.

Amigo que não é jornalista, tem algumas coisas que você precisa saber. A primeira delas é que o mercado de jornalistas está repleto de gente que exerce a profissão de maneira formidável e não é formado, desde muito tempo. A segunda é que a faculdade de jornalismo no Brasil forma pequenos especialistas em grandes generalidades com vagas noções de técnicas de redação. A terceira é que… sei lá, não tem terceira. Sou jornalista, não sei contar.

Continue lendo
(Via Olhômetro)

Combate a homofobia no Blogger-Google BR

modeloselocampanhaliberdadeblogger2_2Leia o texto e assine a petição

Praticamente não me resta, e em breve não haverá nenhuma, presença minha no blogspot, salvo histórica. Prefiro usar uma ferramenta mais completa e personalizável como o WordPress, em domínio próprio.

Mas como sou contra censura e a favor de toda a diversidade, veiculo aqui a campanha dos blogs Queer Girls e Lesbosfera

Eu já assinei, e você?

Recomendando [Preconceito]

Pra finalizar, gostaria de reforçar que isso não se trata de opção sexual. Se fosse mera opção seria muito mais fácil escolher ser heterossexual, pouparia muito trabalho e traria menos problemas, escolher ser hetero evitaria a infelicidade de muitas mães e pais, por exemplo. Homossexualidade não é doença, não tem causa, simplesmente nascemos assim e ponto. Assim, evite julgar o que somos, aliás, evite julgar.”

E viva a diferença!!! A Natureza ama a diversidade… (E eu, claro, abomino o preconceito, tanto quanto abomino a hipocrisia)

(Post integral: http://syn-blog.blogspot.com/2009/01/homossexualidade.html)

Quem é o “burro” agora? [Enchentes SC]

O blog Fique Rico Online, de Paulo Faustino (Problogger e webdesigner de Portugal), publicou hoje um post no qual cria uma campanha de doação de dez centavos de euro por cada comentário único até oito de dezembro, para as vítimas das enchentes em Santa Catarina…

Cito abaixo meu comentário, deixado lá:

Sou leitor constante do blog, principalmente via feed, e sempre recomendo sua leitura…

Até certo ponto me envergonha de dizer o seguinte, que usei para compartilhar o post em meu Greader:

‘Nós brasileiros adoramos fazer piada dos irmãos lusitanos, mas depois disso, e sabendo dos aproveitadores que estão lá em SC a explorar o próximo necessitado, quem será o “burro”?’

Moro no Rio de Janeiro, mas tenho pessoas conhecidas em SC, até onde sei não atingidas pelas enchentes, o que não diminui a preocupação com o povo de lá…

Ótima a iniciativa!!!’

Faça sua parte. Vá no post original e comente!!!

24 Horas

E depois da estréia de 24 ter sido adiada, temporada passada devido a greve dos roteiristas, finalmente está programado a sétima temporada, precedida pelo telefilme 24: Redemption, que estréia hoje nos EUA.

Mais uma vez Jack Bauer está amargurado, desanimado, desmotivado, sem vontade de cantar uma bela canção… Ele está na África, procurando um lugar onde posso ficar em paz consigo mesmo, e é claro encontra de tudo menos paz…

Creio que o que Jack precisa é se espelhar no Joseph Climber… ou quem sabe, no Steve Jobs?